Rio Grande - Terça-feira, 17/10/2017
:: 90 anos do Porto de Rio Grande
:: Artigo
:: Cartas
:: Colunas
:: Comunidade
:: Curtas
:: Economia
:: Editorial
:: Empreendedor
:: Especial
:: Esportes
:: Foto da Semana
:: Geral
:: Pier News
:: Rio Grande - 270 anos
:: Variedades

:: Min. º
:: Max. º
Câmbio Compra Venda
U$ com. - -
U$ par. - -
Indicador Valor
Poup. Dia -



Empreendedor 29/11/2005

Bandeira quer que sua empresa seja um referencial na construção civil de Rio Grande

Novo conceito no ramo da construção civil

O engenheiro Jorge Bandeira, 48 anos, e a técnica em edificações, Carmem Ramos, 36, fizeram da construção civil mais que uma profissão. O relacionamento no trabalho acabou em casamento e os interesses a fins renderam o tão sonhado negócio próprio. Dessa união nasceu a Inotec, trazendo inovação tecnológica e qualidade ao mercado rio-grandino. Os dois são casados há seis anos e possuem um filho, além dos dois do primeiro casamento de Bandeira.
Ele formou-se engenheiro pela Furg em 1980. Chegou a montar sua própria firma, a Execute Engenharia, mas em seguida foi trabalhar em firmas de outras cidades como Porto Alegre e Bagé. “Aprendi muitas coisas, peguei experiência e depois retornei a Rio Grande para trabalhar em uma firma de construção”, conta. Carmem realizou o curso de Edificação pela Escola Técnica de Pelotas e obteve seu diploma em 1990.
De volta a Rio Grande, Bandeira empregou-se em uma firma particular e na mesma época foi convidado para trabalhar na extinta Companhia Rio-grandense de Desenvolvimento (CRD). Não pôde conciliar as duas coisas, optando pela CRD onde ficou por seis anos. “Quando fecharam a companhia, em 1997, o então secretário municipal Eduardo Lawson me convidou para trabalhar na Smhad. Aceitei por um turno e completava o outro em uma empresa particular. Fiquei na Smhad por quatro anos”, relata.
O proprietário da firma em que Bandeira trabalhava decidiu fechar a parte de engenharia e ele se viu novamente no mercado. “Ao longo de minha carreira, eu sempre realizei muitos cursos de qualificação. E foi exatamente no meio de um desses cursos, ministrado pelo Sebrae, que surgiu a idéia de montar a Inotec. A idéia era continuar no ramo da construção, mas atuar de uma forma diferenciada”, relata. Foi durante o curso Gestão Estratégica e Serviços que Bandeira passou para o papel tudo o que queria de sua nova empresa, como missão, valores e visão de mercado.
Aproveitando o mesmo CNPJ da Execute Engenharia, em 2003 foi fundada a Inotec. Um verdadeiro desafio, na visão dos proprietários. “Apesar da nossa experiência na construção civil, iniciamos com todas as dificuldades de qualquer novo empreendimento. O principal, no início, é fixar o nome da empresa. Estamos trabalhando há dois anos e nunca ficamos um dia se quer parados, mas ainda estamos engatinhando”, explica Carem.
Mesmo sendo muito nova, a Inotec já se destaca no cenário municipal. Com 29 funcionários e uma lista de clientes que incluem a Bünge Alimentos, Quip e outras empresas, os proprietários acreditam que a empresa caminha a passos largos para alcançar o objetivo de ser uma referência em construção civil em Rio Grande. “Em 2004, tivemos a felicidade de vencer a licitação para as obras do calçadão, no trecho entre a Duque e Andradas. Era tudo o que precisávamos, ali nós mostramos o nosso jeito de trabalhar. Realmente foi um trabalho de qualidade, elogiado por muita gente”, destaca.
Bandeira diz que acredita muito no mercado da construção civil de Rio Grande, apesar das dificuldades. “Principalmente com a mão-de-obra, que não é bastante qualificada. Mesmo assim, nós estamos conseguindo bons resultados, principalmente por oferecer um serviço diferenciado”, Conclui.



17/07/2007
- INFORME EMPRESARIAL

23/01/2006
- Analisando o setor da construção civil

17/01/2006
- Investindo pesado no esporte rio-grandino

09/01/2006
- Rumo às vendas do futuro

03/01/2006
- Sucesso no mercado de parafusos

26/12/2005
- Ele se considera um cidadão da Zona Sul

21/12/2005
- A concorrência é a maior aliada

12/12/2005
- O segredo da gastronomia é a qualidade

06/12/2005
- O sucesso nas vendas depende do trabalho duro

21/11/2005
- Sucesso na comercialização de cestas decorativas

1  2  3  4  5  >   

     C o m e n t á r i o     

    I n d i c a r    N o t í c i a     

    I m p r i m i r
Participe do Jornal Bom Dia, que agora é diário, o que gostarias de ver mais em nosso jornal?
Classificados
Notícias de jovens (baladas, variedades, vestibular)
Notícias de desenvolvimento da cidade
Vou escrever um e-mail e mandar minha opinião
Câmara de Comércio
Câmara de Vereadores
Pesca Rio Grande
Porto do Rio Grande
Prefeitura Municipal
Rio Grande Virtual
Universidade do Rio Grande