Rio Grande - Terça-feira, 17/10/2017
:: 90 anos do Porto de Rio Grande
:: Artigo
:: Cartas
:: Colunas
:: Comunidade
:: Curtas
:: Economia
:: Editorial
:: Empreendedor
:: Especial
:: Esportes
:: Foto da Semana
:: Geral
:: Pier News
:: Rio Grande - 270 anos
:: Variedades

:: Min. º
:: Max. º
Câmbio Compra Venda
U$ com. - -
U$ par. - -
Indicador Valor
Poup. Dia -



Empreendedor 10/10/2005

Bravo esbanja disposição e dá uma verdadeira lição de vida

O diferencial se faz nas horas difíceis

Por: Rafael Silva

Depois de mais de 30 assaltos às suas lojas, o empresário rio-grandino, José Carlos Bravo, decidiu desfazer-se de parte de seu patrimônio. Entretanto, nunca desistiu de continuar progredindo e agora se dedica a consolidar suas empresas. Para ele, o que faz um empreendedor é a persistência e a capacidade de superar os momentos difíceis.
Proprietário das Lotéricas Papareia, Rádio Minuano, Cine-teatro Miramar (em São José do Norte) e mais dezenas de imóveis na cidade, Bravo construiu seu patrimônio através de muito trabalho. Mesmo tendo sido vítima de um derrame, há cerca de 15 anos, continuou trabalhando normalmente. “Justamente quando estava tudo bem, aconteceu esse problema. Minha família se reuniu e me disseram que já era hora de parar. Eu disse: se parar de trabalhar eu morro”, diz.
Em 1957, com apenas 20 anos de idade, recém saído do quartel, Bravo assumiu a gerência da Transportadora Foreste. “Meu pai era agente dessa empresa, e eu já conhecia a função, pois já havia trabalhado no ramo. Esse foi o início da minha vida profissional”, lembra.
Anos depois, deixou a gerência da transportadora para seu irmão, Ivan Antônio Bravo, e abriu a loja de ferragens Galeria do Pintor S.A., especializada em tintas. O negócio durou 15 anos.
Depois disso, Bravo comprou a concessão de uma lotérica na cidade e criou a Lotérica Papareia. No início eram duas lojas, uma na rodoviária e outra no Cassino. “A do balneário eu trouxe para a rua Marechal Deodoro. A partir daí, foram mais 11 agências, inclusive em São José do Norte”, conta.
Nessa mesma época, durante uma reunião da turma do ginásio, o antigo proprietário da Rádio Minuano ofereceu o negócio. “Aceitei a oferta feita por Fuscaldo. Nunca havia pensado em ter uma rádio, ainda mais com a penetração que a Minuano tem na comunidade, então deixei que meu sobrinho, Rogério Bravo Vieira, dirigisse o negócio”, relata.
Durante uma viagem a São José do Norte, surgiu a oportunidade de comprar 50% das ações do Cine Teatro Miramar, com capacidade para 700 pessoas. “Eu imaginava transforma-lo em um espaço para refazer aqueles programas de auditório, que as rádios faziam antigamente. Entretanto, uma forte chuva de pedra derrubou o telhado do prédio. Foi um projeto que não deu certo”, diz.
Além das lotéricas, rádio, ferragem e cinema, ele também foi proprietário de um aras e cerca de 30 imóveis no município. Pai de uma filha do primeiro casamento, e casado há 40 anos com a segunda mulher, Bravo nem pensa em parar. Aos 68 anos de idade, o empreendedor esbanja disposição e dá uma verdadeira lição de vida.

Assaltos

Uma onda de assaltos ocorridos em suas lotéricas obrigou Bravo a se desfazer do aras e mais 12 agências para cobrir os prejuízos, que passaram dos R$ 500 mil. “Foram 33 assaltos ao todo. Os responsáveis nunca foram pegos pela polícia. Com a falta de apoio de muitos setores. Tive que me desfazer das agências. Hoje tenho apenas duas. Mas ainda estou na crista da onda”, ressalta.



17/07/2007
- INFORME EMPRESARIAL

23/01/2006
- Analisando o setor da construção civil

17/01/2006
- Investindo pesado no esporte rio-grandino

09/01/2006
- Rumo às vendas do futuro

03/01/2006
- Sucesso no mercado de parafusos

26/12/2005
- Ele se considera um cidadão da Zona Sul

21/12/2005
- A concorrência é a maior aliada

12/12/2005
- O segredo da gastronomia é a qualidade

06/12/2005
- O sucesso nas vendas depende do trabalho duro

29/11/2005
- Novo conceito no ramo da construção civil

1  2  3  4  5  >   

     C o m e n t á r i o     

    I n d i c a r    N o t í c i a     

    I m p r i m i r
Participe do Jornal Bom Dia, que agora é diário, o que gostarias de ver mais em nosso jornal?
Classificados
Notícias de jovens (baladas, variedades, vestibular)
Notícias de desenvolvimento da cidade
Vou escrever um e-mail e mandar minha opinião
Câmara de Comércio
Câmara de Vereadores
Pesca Rio Grande
Porto do Rio Grande
Prefeitura Municipal
Rio Grande Virtual
Universidade do Rio Grande