Rio Grande - Domingo, 17/02/2019
:: 90 anos do Porto de Rio Grande
:: Artigo
:: Cartas
:: Colunas
:: Comunidade
:: Curtas
:: Economia
:: Editorial
:: Empreendedor
:: Especial
:: Esportes
:: Foto da Semana
:: Geral
:: Pier News
:: Rio Grande - 270 anos
:: Variedades

:: Min. º
:: Max. º
Câmbio Compra Venda
U$ com. - -
U$ par. - -
Indicador Valor
Poup. Dia -



Empreendedor 07/10/2002

Negócios que iniciaram com a ótica expandiram-se a outros setores

Marketing é a alma do negócio

Uma das mais tradicionais empresas do seu ramo na Zona Sul, Óticas Lira tem como diretor um empresário rio-grandino de grande expressão e dedicação aos negócios. Luis Mário de Oliveira, 42 anos, herdou do pai a administração nos anos 80 e, desde então, vem promovendo diversas modificações na empresa, ampliando a sua gama de serviços e explorando ao máximo todas as suas potencialidades.
Desde a adolescência Oliveira mantinha contato com a empresa, de uma forma ou de outra. Nos verões, o pai Luís o convocava para auxiliar nas atividades da ótica. Após graduar-se em Engenharia Civil, na Furg, o jovem Luís Mário recebeu um convite oficial para permanecer, definitivamente, à frente dos negócios. “Ele dizia que, mesmo que eu não gostasse da ótica, seria bom para mim ter outro emprego. Hoje, não me vejo fazendo algo que não seja relacionado ao empreendedorismo”, diz.
Essa intensa dedicação tem mostrado reflexos na própria caracterização da empresa. A filial em Santa Vitória do Palmar completa uma década de existência este ano. Em Rio Grande, a ótica desdobrou-se em três: fundada em 1954, a Lira Tradição responde pelos produtos mais conservadores, tradicionais; a Ótica Econômica, aberta em 1972, na Rua 24 de Maio, oferece preços mais acessíveis; e a mais recente delas, a Ótica Ambiente, inaugurada há dois anos, atende aos clientes de gostos mais arrojados. No interior da loja, decorada com artigos de surf e skate, há o Clube Lira Kids, que oferece uma carteira de sócio às crianças que adquirirem um artigo da loja. “Com isso, além de oferecer um serviço diferente, estamos tornando fiel a clientela”, observa Oliveira. “Leva um tempo para que o cliente perceba essa segmentação, mas é algo que traz grande retorno”, completa.
Outro dos recentes negócios idealizados por Oliveira é o Lira Apart-Hotel, localizado no balneário Cassino e com capacidade para acomodar 50 pessoas. “Somos novos no ramo da hotelaria, mas temos buscado a qualificação dos serviços”, acrescenta o empresário, dizendo que a infra-estrutura está sendo ampliada já para o próximo verão. Mas a estação não é prioridade do empresário que afirma: “o Cassino pode gerar renda durante todo o ano. É preciso trabalhar a cabeça das pessoas, e o poder público tem de se direcionar para essa questão. Sabemos que a cidade possui vocação portuária e industrial, mas ela pode ser também turística”.
Entre as óticas e o apart-hotel, atuam 30 funcionários junto à empresa. “A média da idade de serviço deles é de 11 anos. Isto é muito bom para o andamento dos negócios, pois a convivência possibilita maior dinamismo nas atividades”, analisa o diretor.
Ao longo da carreira empresarial, Oliveira assumiu diversos cargos públicos relacionados ao comércio. O empresário foi fundador e presidente da Associação dos Jovens Empresários, diretor do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), presidente da CDL e por várias vezes diretor da Câmara de Comércio. Hoje, Oliveira é presidente do Conselho da CDL e membro do Conselho Fiscal da Câmara.
Ele atribui grande parte do sucesso de Óticas Lira às caprichadas campanhas de marketing, muitas delas coordenadas pelo próprio empresário, que inclusive foi proprietário de agências de publicidade. “Qualquer pessoa tem de saber lidar com o marketing atualmente. E para um empresário é preciso estar todo o tempo dentro da loja. Nunca houve tantas empresas, em todos os ramos, como agora. O mercado está altamente competitivo e acaba se tornando necessário oferecer ao público um diferencial”, ensina.



17/07/2007
- INFORME EMPRESARIAL

23/01/2006
- Analisando o setor da construção civil

17/01/2006
- Investindo pesado no esporte rio-grandino

09/01/2006
- Rumo às vendas do futuro

03/01/2006
- Sucesso no mercado de parafusos

26/12/2005
- Ele se considera um cidadão da Zona Sul

21/12/2005
- A concorrência é a maior aliada

12/12/2005
- O segredo da gastronomia é a qualidade

06/12/2005
- O sucesso nas vendas depende do trabalho duro

29/11/2005
- Novo conceito no ramo da construção civil

1  2  3  4  5  >   

     C o m e n t á r i o     

    I n d i c a r    N o t í c i a     

    I m p r i m i r
Participe do Jornal Bom Dia, que agora é diário, o que gostarias de ver mais em nosso jornal?
Classificados
Notícias de jovens (baladas, variedades, vestibular)
Notícias de desenvolvimento da cidade
Vou escrever um e-mail e mandar minha opinião
Câmara de Comércio
Câmara de Vereadores
Pesca Rio Grande
Porto do Rio Grande
Prefeitura Municipal
Rio Grande Virtual
Universidade do Rio Grande