Rio Grande - Quinta-feira, 27/04/2017
:: 90 anos do Porto de Rio Grande
:: Artigo
:: Cartas
:: Colunas
:: Comunidade
:: Curtas
:: Economia
:: Editorial
:: Empreendedor
:: Especial
:: Esportes
:: Foto da Semana
:: Geral
:: Pier News
:: Rio Grande - 270 anos
:: Variedades

:: Min. º
:: Max. º
Câmbio Compra Venda
U$ com. - -
U$ par. - -
Indicador Valor
Poup. Dia -



Rio Grande - 270 anos 21/02/2007

Terminal está realizando investimentos na ampliação do cais

Tecon se moderniza para aumentar o movimento

O diretor presidente da empresa Tecon Rio Grande, Paulo Bertinetti, diz que o ano de 2006 foi muito difícil, com pouco crescimento tanto do país como do Estado, refletindo na movimentação do porto. Segundo ele, ainda existe carência de obras de infra-estrutura para o escoamento da carga, problemas com o aeroporto, continuam as dificuldades em relação a outros portos em função dos pedágios das estradas que tornam mais oneroso para o cliente de carga, além dos altos custos da mão-de-obra avulsa e a perda de mercado em função de incentivos fiscais, condições climáticas, entre outros.
Além disso, prossegue, os novos investimentos em estradas, tanto em manutenção, quanto em construção de novas, como a Rota do Sol, aproximam as cargas gaúchas de outros portos, em vez de facilitar o acesso ao único porto marítimo do Estado. “Temos a expectativa que os programas desenvolvidos tanto pelo governo federal, quanto pelo governo estadual, correspondam positivamente às necessidades envolvidas no comércio exterior”, assinala.
Quanto à carga conteinerizada, afirma o diretor, com certeza os projetos em andamento darão cobertura para concentrar a movimentação do Prata, passando o Tecon a contar com uma capacidade instalada para operar o dobro de contêineres movimentados atualmente.
O Tecon está investindo na segunda fase do projeto de expansão do terminal
US$ 30 milhões, incluindo a construção de 250 metros de cais, totalizando 850 metros, possibilitando a operação simultânea de três navios e uma barcaça. Está havendo o investimento em mais dois guindastes STS Pós Panamax e quatro Rubber Tyred Gantry Cranes (RTG), guindastes de pórtico sobre pneus para o manuseio de
contêineres no pátio, que trará agilidade e o aumento de área para contêineres.
A empresa contará com mais 30 mil metros quadrados de área pavimentada contígua ao novo cais, chegando ao total de 250 mil metros quadrados, possibilitando a armazenagem de 30 mil TEUs. “Estamos preparados para atender aos navios maiores (6.000 TEUs com 280 metros de comprimento), que passaram a escalar a costa brasileira.
O Tecon RG gera atualmente 730 empregos diretos e está prevista após o término do projeto de expansão a contratação de mais 107 funcionários que já vêm sendo desenvolvidos e treinados para atuarem nos novos equipamentos, sem contar com os empregos indiretos, como a escala de trabalhadores portuários avulsos, empresas terceirizadas e demais agentes do comércio exterior, que diariamente somam mais de 2.500 pessoas.Com o projeto concluído, a capacidade de operação do Tecon passará para 1.250 mil TEUs, o dobro do operado atualmente.



23/02/2007
- Um título estadual no futsal dos anos 70
- Janir destaca a vinda de novos empreendimentos

21/02/2007
- Dividiram a taça ao meio em 1940
- Manual explicava como aproveitar a praia
- Rio Grande: Uma união de vários povos
- Renatinho ressalta valor histórico da cidade
- Governadora fala sobre os projetos para Rio Grande e re...
- Os símbolos da cidade do Rio Grande
- A chegada dos portugueses e a fundação de Rio Grande
- A prova que faz parte da nossa história

1  2   

     C o m e n t á r i o     

    I n d i c a r    N o t í c i a     

    I m p r i m i r
Participe do Jornal Bom Dia, que agora é diário, o que gostarias de ver mais em nosso jornal?
Classificados
Notícias de jovens (baladas, variedades, vestibular)
Notícias de desenvolvimento da cidade
Vou escrever um e-mail e mandar minha opinião
Câmara de Comércio
Câmara de Vereadores
Pesca Rio Grande
Porto do Rio Grande
Prefeitura Municipal
Rio Grande Virtual
Universidade do Rio Grande