Rio Grande - Quarta-feira, 13/12/2017
:: 90 anos do Porto de Rio Grande
:: Artigo
:: Cartas
:: Colunas
:: Comunidade
:: Curtas
:: Economia
:: Editorial
:: Empreendedor
:: Especial
:: Esportes
:: Foto da Semana
:: Geral
:: Pier News
:: Rio Grande - 270 anos
:: Variedades

:: Min. º
:: Max. º
Câmbio Compra Venda
U$ com. - -
U$ par. - -
Indicador Valor
Poup. Dia -



Editorial 05/07/2007
E Renan não sai...

Pelo menos no caso Renan Calheiros (PMDB) a impunidade não será culpa do sistema legal, do Judiciário ou da burocracia que corrói a máquina pública do país. Desta vez, quem vai livrar o presidente do Senado Federal é a cara-de-pau dos próprios comparsas, digamos, colegas.
Nesta quarta-feira, 4, o país acordou sabendo que o processo contra Renan Calheiros terá nada menos do que três relatores. A decisão foi do presidente do Conselho de Ética do Senado, Leomar Qintanilha (PMDB). A maioria das pessoas que acompanham o caso deve estar imaginando que a idéia é agradar a gregos e troianos. Mas a realidade nem sempre é aquela que primeiro salta aos olhos.
Quintanilha informou que as três vagas da relatoria do caso será distribuída igualmente para situação e oposição. Uma das vagas ficará par a indicação do bloco de apoio ao Governo Federal. Outra será indicada por seus opositores (que querem a saída de Renan da presidência da casa). A surpresa, entretanto, ficou com a terceira vaga, que será indicada pelo PMDB. Diga-se de passagem, esse é o partido de Renan Calheiros.
Se a conta estiver certa, entre os relatores do processo, dois ficarão a favor e um contra. Na prática, Renan conseguiu dois zagueiros para se proteger de um único atacante. Em linguagem futebolística isso significa somente uma coisa: se depender dessa jogada, a partida ficará empatada em zero a zero.
Ontem, o presidente do Senado se disse vítima de um complô armado por aqueles que querem derrubar o presidente Lula. Realmente não dá para negar. Ele é a autoridade máxima do órgão que está lhe processando. Os responsáveis pela investigação de sua conduta são seus próprios aliados. Portanto, ele pode dizer e fazer o que quiser. Aos reles mortais, resta apenas assistir tudo como se fosse um filme da Sessão das Dez.



18/07/2007
- Realidade

17/07/2007
- Vaias Pan-Americanas

16/07/2007
- Privilégios da Impunidade

13/07/2007
- Jogos PanJogos Pan-Americanos

12/07/2007
- Investimentos em SJN

11/07/2007
- Dia da Pizza

10/07/2007
- Editorial-Desenvolvimento

09/07/2007
- Venezuela e o Mercosul

06/07/2007
- Progresso

04/07/2007
- EDITORIAL

1  2  3  4  5  >   

     C o m e n t á r i o     

    I n d i c a r    N o t í c i a     

    I m p r i m i r
Participe do Jornal Bom Dia, que agora é diário, o que gostarias de ver mais em nosso jornal?
Classificados
Notícias de jovens (baladas, variedades, vestibular)
Notícias de desenvolvimento da cidade
Vou escrever um e-mail e mandar minha opinião
Câmara de Comércio
Câmara de Vereadores
Pesca Rio Grande
Porto do Rio Grande
Prefeitura Municipal
Rio Grande Virtual
Universidade do Rio Grande