Rio Grande - Terça-feira, 23/05/2017
:: 90 anos do Porto de Rio Grande
:: Artigo
:: Cartas
:: Colunas
:: Comunidade
:: Curtas
:: Economia
:: Editorial
:: Empreendedor
:: Especial
:: Esportes
:: Foto da Semana
:: Geral
:: Pier News
:: Rio Grande - 270 anos
:: Variedades

:: Min. º
:: Max. º
Câmbio Compra Venda
U$ com. - -
U$ par. - -
Indicador Valor
Poup. Dia -



Especial 06/02/2006

Balneário é bastante conhecido pelas ‘baladas’ noturnas

Bares, danceterias e diversas atrações fazem a noite cassinense

Gabriela Torales

O Balneário do Cassino surgiu no final do Império, em fins do século XIX, quando ainda não existiam balneários na costa oceânica do país. Sensibilizados pela fama conquistada na Europa pelos balneários Dieppe Deauville e Biarrits, que além dos banhos e passeios à beira-mar nas temporadas de férias ainda eram consideradas excelentes estações de cura, os governadores da então Província de São Pedro, o conselheiro Tritão de Alencar Araripe e seu sucessor, Rodrigo de Azambuja Vilanova queriam proporcionar algo semelhante nas terras gaúchas. Por isso concordaram com a idéia, pioneira no país, de Antônio Cândido Sequeira e seus companheiros, de criar uma estação exclusivamente balneária na costa do Rio Grande.
Na medida em que a praia conquistava mais adeptos, o poder público também procurou conceder incentivos para viabilizar o empreendimento. Por esse motivo, foi outorgada à Companhia Carris Urbanos do Rio Grande, em 17 de dezembro de 1885, pela Lei número 1551, a concessão para exploração do balneário. De imediato foi iniciado o empreendimento voltado para a ocupação do local, e em 1890 houve a inauguração oficial.
De lá pra cá, o balneário Cassino caiu no gosto popular e hoje é um dos principais pólos turísticos do Estado, reunindo no mesmo lugar esporte, gastronomia, cultura e lazer. Como acontece em outras praias do litoral brasileiro, onde se reúnem milhares de turistas todos os anos, o movimento na para quando o sol se põe. No Cassino, a noite significa descanso para os que passaram o dia na orla, mas também marca o início de outras atividades. Bares, danceterias, festas, cultura e muita diversão são os ingredientes da noite da maior praia do mundo.

Noite
No Cassino, a agitação da noite começa depois das 20h e se prolonga até o dia clarear, a semana toda. Não é à toa que os turistas adoram a noite do balneário. Entre as atrações, as mais procuradas são os bares, cafés, boates e danceterias. Com uma população de mais de 150 mil pessoas, o balneário oferece na avenida rio grande um amplo espaço onde o público concentra-se para conversar e preparar-se para as festas.
Na avenida e no interior do balneário os restaurantes servem comidas deliciosas, cuja variedade vai desde o mais simples bolinho de peixe até as casquinhas de siri. De forte influência açoriana, os frutos do mar, peixes, crustáceos e camarões formam a base de um banquete natural na maior praia em extensão do mundo.
Não existe época definida para se conhecer o balneário. Depende das necessidades e do gosto pessoal dos viajantes. No verão, quando a praia chega a receber até 200 mil turistas, é a vez dos corpos bronzeados e da vida noturna agitada.
A agitação da noite cassinense conquista até mesmo turistas acostumados com grandes centros. É o caso do turista de São Paulo, Hugo Sucedo, 21 anos. Ele comenta que o Cassino oferece diversas opções para quem quer se divertir. “O Cassino oferece diversas opções. Eu prefiro ir a barzinhos e danceterias “, afirma.
Mas não é só de baladas que é feita a noite cassinense. O estudante, Rafael Santos, 24, comenta que prefere ficar com os amigos na avenida à sair para as festas. “Eu prefiro sair com os meus amigos. Já sai mais antes” declara.
Já estudante universitário, Diego Silva, 22, não gosta muito da agitação cassinense, prefere ficar em lugar mais calmo onde ele possa conversar com os amigos e fazer um lanche. “O Cassino oferece diversas opções para quem não quer ficar em casa. Mas, eu prefiro ir para barzinhos. Não gosto muito da agitação”, diz.
A Geógrafa, Juliana Nunes, 22, comenta que gosta muito de sair à noite no balneário. “As opções são diversas aqui no balneário. Porém sinto falta da música ao vivo na avenida. À noite prefiro bares, feira do livro e passear pela avenida”, diz.
A Química, Aline Borges, 23, afirma que prefere a companhia dos amigos a sair para as festas. “O ponto forte do Cassino é a avenida. A feira do livro é um atrativo maior. Prefiro ficar com os meus amigos em bares” comenta.
A estudante de economia, Aline Novo, 24, diz que prefere opções mais calmas que as agitações. “Eu prefiro ir a praia durante o dia, e a noite prefiro bares, praias e passear na avenida” declara.
Também existem aqueles que não estão satisfeitos com o agito do Cassino, como o carioca Marcos Vinicius, 19. Ele comenta que a noite do balneário não oferece muitas opções. “As opções que o balneário são poucas em relação a outras cidades que visitei” afirma.
Já a estudante universitária, Diana Loureiro, 28, afirma que faltam opções para sair a noite no balneário, visto que o estilo de músicas que ela gosta não toca nas festas e bares. “Por falta de opção eu prefiro não sair” declara.



20/03/2006
- Travessia a Nado é a atração deste domingo

13/02/2006
- Segunda fase do Verão Consciente acontece neste sábado
- Cassino atrai pelas belas paisagens e pontos turísticos

06/02/2006
- Projeto promove atividade de conscientização
- Rua Rio de Janeiro passa a ser preferencial no Cassino

15/08/2005
- Associação de moradores tem novo presidente
- INFORME EMPRESARIAL - Um guia para administrar a sua e...
- PSF já chegou àquela região
- Bairro mais antigo do município tem recebido diversos b...

20/06/2005
- Festa do padroeiro da cidade inicia hoje

1  2   

     C o m e n t á r i o     

    I n d i c a r    N o t í c i a     

    I m p r i m i r
Participe do Jornal Bom Dia, que agora é diário, o que gostarias de ver mais em nosso jornal?
Classificados
Notícias de jovens (baladas, variedades, vestibular)
Notícias de desenvolvimento da cidade
Vou escrever um e-mail e mandar minha opinião
Câmara de Comércio
Câmara de Vereadores
Pesca Rio Grande
Porto do Rio Grande
Prefeitura Municipal
Rio Grande Virtual
Universidade do Rio Grande