Rio Grande - Quarta-feira, 16/10/2019
:: 90 anos do Porto de Rio Grande
:: Artigo
:: Cartas
:: Colunas
:: Comunidade
:: Curtas
:: Economia
:: Editorial
:: Empreendedor
:: Especial
:: Esportes
:: Foto da Semana
:: Geral
:: Pier News
:: Rio Grande - 270 anos
:: Variedades

:: Min. º
:: Max. º
Câmbio Compra Venda
U$ com. - -
U$ par. - -
Indicador Valor
Poup. Dia -



Comunidade 16/10/2006

Lideranças do PSDB local receberam a candidata no aeroporto

Yeda quer reduzir recursos do porto para o caixa único

Luiz Eduardo Baquini

A candidata da coligação Rio Grande Afirmativo ao governo do Estado, Yeda Crusius, pretende reduzir os recursos que saem do porto para o chamado caixa único do governo. A sua proposta é de que a cada aumento de desempenho, a metade dos recursos auferidos fique em Rio Grande para investimentos. A declaração foi feita no aeroporto, na quinta-feira, logo após a chegada, ainda na pista, para visita à cidade. Para a candidata tucana, a manutenção das dragagens é fundamental para o desenvolvimento do porto.
O caixa único tem sido um calcanhar de Aquiles para o complexo gaúcho. Com a situação financeira difícil do Estado, os governos têm lançado mão dos recursos de órgãos e estatais gaúchos, entre eles a Superintendência do Porto (Suprg). O caixa único reúne recursos que são sacados na medida da necessidade do cumprimento de compromissos. No caso de Rio Grande, entidades de navegação reclamam com freqüência de maior investimento no porto, que gera renda, mas depende da liberação do governo.
Ainda sobre o porto, Yeda disse que a intenção é estimular as importações por Rio Grande, como forma de aumentar a geração de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). “A idéia é termos R$ 200 milhões a mais no caixa por ano”, observou.
Região- A Metade Sul, afirmou Yeda, vai ser beneficiada com um programa de recuperação econômica e uso racional e sustentável do solo através do reflorestamento. Lembrou que a atividade está gerando emprego e renda. Segundo ela, para cada dois hectares de área plantada com pinus, um é para a plantação de mata nativa, o que representa a mudança da realidade da região.
Privatização- A suposta intenção de privatizar estatais gaúchas, especialmente o Banrisul, é visto pela candidata como uma forma dos concorrentes de confundir o eleitor. “É a repetição da mentira, a técnica de fazer política por conflitos”, assinalou. “Está na Constituição Estadual de que isso não é possível sem um plebiscito”.
Depois da entrevista, a candidata participou de uma carreata pelo Parque Marinha, Parque São Pedro e Cassino. O presidente da Câmara Municipal , Claudio Diaz; o deputado estadual, Adison Troca; o prefeito Janir Branco; e o chefe de Gabinete, Fábio Branco, participaram, além de outras lideranças políticas que apóiam a candidata nessas eleições.



20/06/2006
- Buchholz resolve problema com valetão
- Dias 20, 21 e 22 acontecem as festas em louvor a Jesus...
- Fiéis participam da procissão de Corpus Christi
- Povo Novo recebe a visita do prefeito

05/06/2006
- A Nota é Minha repassa
- Dom Bosquinho pede melhorias nas ruas e valetas

22/05/2006
- Espanhóis conservam com muito orgulho os hábitos da Esp...
- Primeira-dama recebe enxovais de voluntárias da Casa da...
- SMSTT está relacionando as paradas de ônibus do municíp...
- Smag continua chamando agricultores

<  6  7  8  9  10  >   

     C o m e n t á r i o     

    I n d i c a r    N o t í c i a     

    I m p r i m i r
Participe do Jornal Bom Dia, que agora é diário, o que gostarias de ver mais em nosso jornal?
Classificados
Notícias de jovens (baladas, variedades, vestibular)
Notícias de desenvolvimento da cidade
Vou escrever um e-mail e mandar minha opinião
Câmara de Comércio
Câmara de Vereadores
Pesca Rio Grande
Porto do Rio Grande
Prefeitura Municipal
Rio Grande Virtual
Universidade do Rio Grande