Rio Grande - Domingo, 20/08/2017
:: 90 anos do Porto de Rio Grande
:: Artigo
:: Cartas
:: Colunas
:: Comunidade
:: Curtas
:: Economia
:: Editorial
:: Empreendedor
:: Especial
:: Esportes
:: Foto da Semana
:: Geral
:: Pier News
:: Rio Grande - 270 anos
:: Variedades

:: Min. º
:: Max. º
Câmbio Compra Venda
U$ com. - -
U$ par. - -
Indicador Valor
Poup. Dia -



Comunidade 17/01/2007

CAS instalado nos fundos da escola Zely Esmeraldo

Centro de Atendimento Social é implantado no Cidade de Águeda

Depois de inaugurar em novembro, através da Secretaria Municipal de Cidadania e Assistência Social (SMCAS), o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) para atendimento das famílias em situação de vulnerabilidade, a Prefeitura Municipal, volta a beneficiar a população do bairro Cidade de Águeda com a implantação de mais um serviço de apoio aos moradores. Trata-se da implantação do primeiro Centro de Atendimento Social (CAS), pela Secretaria de Habitação e Desenvolvimento Urbano (Smhadu), voltado ao atendimento das pessoas beneficiadas com as moradias do Programa de Subsídio Habitacional (PSH I e II) e o Morar Melhor, numa parceria com o Conselho Municipal do Bem-Estar Social (Combem) e com a Caixa Econômica Federal (CEF).
O CAS está localizado na mesma área da escola Zely Esmeraldo, onde também funciona o CRAS. A inauguração do centro aconteceu na quarta-feira, 10, pela manhã, onde estiveram presentes o vice-prefeito, Juarez Torronteguy, representando o prefeito Janir Branco; o titular da Smhadu, Glei Santana; o titular da SMTEL, Abdo Nader; o titular da SMMA, Norton Gianuca; o superintendente do DATC, Luis Alberto Gomes; a coordenadora do CAS, a assistente social Nádia Folha; o vereador Jurandir Pereira; a presidente da Urab, Marisa Marapalheta; o presidente do bairro Cidade de Águeda, Elton de Lima Veiga; e os representantes da CEF, Ricardo Dri e Ricardo Vargas Garcia, além de represenntes do Combem, da SMCAS, da SMS e da SMEC.
Foram investidos no local R$ 7 mil, sendo R$ 5.250,00 pelo Combem. O CAS tem por objetivo atender as famílias contempladas com as unidades dos programas habitacionais, oferecendo a elas condições e mecanismos capazes de viabilizar sua participação nos processos de decisão, manutenção dos bens e serviços, estando melhor adequados à realidade dos grupos sociais. Desta forma, o centro torna-se uma ferramenta de apoio à gestão participativa, garantindo a sustentabilidade do empreendimento.
A coordenadora do CAS, a assistente social Nádia Regina Pereira Folha, explica que o atendimento estará voltado aos beneficiários, os quais receberão orientações diversas, cursos de geração de renda e todo o apoio necessário para a sua qualidade de vida no bairro Cidade de Águeda. A equipe técnica que dará suporte ao trabalho será composta de assistente social, estagiária do Serviço Social e outros técnicos conforme o trabalho a ser desenvolvido. “Nosso atendimento terá início em março, com horários que ainda deverão ser confirmados”, adiantou.
Com relação ao número de famílias que deverão ser beneficiadas com o serviço do CAS, a coordenadora destaca que hoje já são mais de 450 residências entregues pelo PSH e o Morar Melhor no Águeda. Até o final do ano, a previsão é de entregar outras 300 unidades referentes à Resolução 460/04, que deverão ser construídas já a partir deste mês de março.
O secretário Glei Santana ao agradecer a presença de todos, falou da importância do empreendimento para aquela comunidade e da integração das secretarias, no sentido de preencher as lacunas que faltavam para cobrir as necessidades daqueles moradores. “Além desse atendimento específico, é idéia para 2007 implantar aqui numa parceria com a Secretaria do Turismo, Esportes e Lazer, o projeto Bairros em Movimento, oferecendo outras possibilidades aos moradores”, informou ele.
O vice-prefeito, Juarez Torronteguy, ao lembrar as ações do Programa Aliança, falou do esforço do Executivo Municipal, através do prefeito Janir Branco, em investir forte no bairro mais novo da cidade. “O Aliança nasceu aqui e este projeto do CAS é mais um resultado do trabalho de integração das secretarias municipais, que estão ampliando suas ações, descentralizando o atendimento e trabalhando num conjunto, fortalecendo a administração municipal. Hoje o bairro Cidade de Águeda conta com 6 mil lotes no planejamento habitacional. Um galpão de reciclagem também é outro projeto que deverá ser implantado aqui”, finalizou.



21/02/2007
- Castelo Branco ganha permissão para utilizar área do mu...
- Pescadores aguardam melhoria da safra
- Carnaval inicia oficialmente neste sábado

17/01/2007
- Pavilhões do Porto Velho já estão sendo preparados
- Ibama considera pescador da região o responsável pela p...
- Centro Comunitário da Hidráulica passa por reformas
- Agentes de transito operam no Cassino
- Município realiza pesquisa sobre demanda turística

04/12/2006
- Começa a primeira etapa do Ondas de Natal
- Natal da Vila Braz depende de doações

1  2  3  4  5  >   

     C o m e n t á r i o     

    I n d i c a r    N o t í c i a     

    I m p r i m i r
Participe do Jornal Bom Dia, que agora é diário, o que gostarias de ver mais em nosso jornal?
Classificados
Notícias de jovens (baladas, variedades, vestibular)
Notícias de desenvolvimento da cidade
Vou escrever um e-mail e mandar minha opinião
Câmara de Comércio
Câmara de Vereadores
Pesca Rio Grande
Porto do Rio Grande
Prefeitura Municipal
Rio Grande Virtual
Universidade do Rio Grande